Servidoras recebem contracheque com retorno da complementação

por Ludmilla Perpétua de Oliveira publicado 06/09/2018 15h39, última modificação 06/09/2018 15h39

As servidoras aposentadas da Câmara, com direito à complementação, receberam os contracheques com os valores corrigidos na tarde desta quinta-feira, 6, no plenário. São oito servidoras ao total com direito ao benefício. O presidente da Câmara, Adriano Alvarenga, juntamente com os vereadores pastora Sônia Andrade e Adriano Tibata fizeram a entrega dos documentos.

De acordo com o presidente da Câmara Adriano Alvarenga a entrega dos contracheques às servidoras se faz tão importante pelas dificuldades passadas pelas servidoras até o restabelecimento do direito. “Estamos tão somente cumprindo uma decisão da Justiça e isso não é difícil. Como presidente vou ter que tomar algumas medidas de contenção de gastos, mas o direito dessas funcionárias está garantido. Ressalto que todo o Legislativo trabalhou para que vocês tivessem esse benefício reintegrado.”

Evandro Soares do Carmo, presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas da Prefeitura e da Câmara de Timóteo, agradece a todos os envolvidos nos processos que garantiram o retorno do direito à complementação. “Quero agradecer a Deus, a todos os vereadores, bem como aos aposentados, que confiaram em nós, ao Sinsep (Sindicato dos Servidores Municipais de Timóteo), Metasita, aos nossos advogados. Graças a Deus a dignidade e o respeito estão sendo devolvidos a vocês.”

A advogada da Associação dos Aposentados e Pensionistas da Prefeitura e da Câmara de Timóteo, Maria da Conceição Godói Cruz, destaca que o Executivo está traindo os aposentados. “Já participei de várias lutas, mas esta está sendo marcante. Os nossos salários nunca deveriam ter sido suspensos. O Legislativo e outros usaram o poder para nos ajudar e fazer o bem, por isso devem ser reconhecidos. Agora estamos sendo traídos num momento que não cabe mais esse tipo de coisa.”

Para a aposentada Selma Maria Pessoa Pires, “o sentimento é de gratidão pelos vereadores. Os gestores anteriores não fizeram nada por nós. Foi difícil, mas graças a Deus pude ter controle e não passei tanto aperto durante esse tempo. Mas me sacrifiquei muito por esse emprego e é ruim perder um direito assim”.

Segundo a aposentada Ângela Maria Silva "agora estamos nos sentindo muito alegres. Agradecemos a Deus, às pessoas que nos ajudaram, como os vereadores. Estamos juntos, essa luta pertence a nós. A Câmara ganhou, esperamos agora da Prefeitura".

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.