Câmara aprova as contas de dois ex-prefeitos

por comunicacao — publicado 11/08/2015 16h13, última modificação 17/02/2016 17h10
11/08/2015
Os vereadores aprovaram em segunda discussão e votação e redação final as contas do município relativas aos anos de 2005, quando Geraldo Nascimento era prefeito e 2012 na gestão de Sérgio Mendes. As contas de 2005 foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais por conta do não cumprimento do percentual de 15% que deveria ter sido aplicado na Saúde. Pelo parecer, no total foram 13,2%. No entanto, os vereadores acataram a tese de defesa de Geraldo Nascimento que alegou os princípios da insignificância e da razoabilidade do percentual que faltou. A rejeição do parecer do Tribunal obteve 12 votos dos vereadores contra um apenas (Douglas Willkys). Já as contas de 2012 foram aprovadas pelo Tribunal de Contas e pelo Legislativo por unanimidade. Também foram aprovadas as redações finais dos seguintes projetos de lei: PL nº 3.876, de 16 de julho de 2015, que Dá denominação de Praça de Esporte “Antônio Aquino Gomes” à praça que menciona ; Projeto de Lei nº 3.877 que determina que as empresas concessionárias dos serviços de água, telefonia e energia elétrica divulguem em suas faturas, texto informativo ao qual incentive a sociedade através da conscientização de combate a doença dengue; Projeto de Lei nº 3.878, de 16 de julho de 2015, que “Estabelece horário de carga e descarga de numerários nos estabelecimentos comerciais denominados de agências bancárias ou similares.
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.